Porquê a formação elearning?

Quem já não passou por uma experiência de aprendizagem facilitada pela tecnologia? Quem ainda não beneficiou da partilha de conhecimento na Internet facilitada pelos motores de pesquisa ou pelas redes sociais (Facebook, Instagram, Twitter, Linkedin, etc.)?

As exigências impostas pela globalização, pelos desafios do mundo atual (desenvolvimento sustentável e proteção do ambiente, responsabilidade social, etc.), pelo aumento exponencial dos meios de comunicação e pela sua acessibilidade, levam as organizações a apostar cada vez mais na qualificação dos seus recursos humanos, enquanto fator primordial de competitividade pela qualidade.

Neste contexto, e desde há algum tempo, surgiu a exigência de serem criadas alternativas de formação contínua que permitam responder à necessidade de aprender a um ritmo cada vez mais acelerado, em qualquer lugar e à medida do ritmo de cada pessoa. Surgiram assim novos dispositivos de formação que conduziram à reconsideração de alguns conceitos tradicionais.

O que é o eLearning

O eLearning, também conhecido por outras designações (formação virtual, ensino online, ensino a distância, etc.) pode ser entendido como um processo que permite a transformação da informação em conhecimento, utilizando como recurso as tecnologias de informação e comunicação, quer ao nível da pesquisa e disponibilização da informação, quer ao nível da interação entre os diversos intervenientes.